CUIABÁ

POLICIAL

Suspeito é preso em flagrante por estupro de vulnerável em comunidade da fronteira

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 28 anos foi preso em flagrante na segunda-feira (24.01), pela Polícia Civil, em um assentamento na fronteira do estado, após cometer estupro contra uma criança de oito anos.

Os policiais da Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade foram comunicados pela equipe do Gefron sobre uma pessoa que estava detida pelos moradores da comunidade de Nova Fortuna, na fronteira com a Bolívia. Ao chegar ao local, as equipes policiais encontraram o suspeito com ferimentos provocados pelos moradores, que o detiveram após saber do crime contra a criança, que mora na mesma comunidade.

A menina de oito anos foi encaminhada para atendimento médico em Vila Bela. Conforme a ocorrência registrada, ela pediu aos pais para brincar próximo à residência, na tarde de domingo, e quando deu por volta das 18h, ela não havia não retornou para casa. Os pais saíram à procura da criança e ouviram gritos vindos de uma casa nas imediações. Ao entrar no local, flagraram

Leia Também:  Força Tática do 2º CR prende sete pessoas e apreende uma adolescente por tráfico de drogas

o homem no quarto com a menina e ela com sangramento. O suspeito do crime fugiu em seguida, para uma mata, em direção à Bolívia.

Na segunda-feira, as equipes policiais foram avisadas de que o autor do crime foi trazido até a comunidade de Nova Fortuna.

Após a prisão, ele foi encaminhado para atendimento médico em razão dos ferimentos e depois conduzido à Delegacia da Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

A prisão faz parte da Operação Hórus-Vigia, programa do Ministério da Justiça e Segurança Pública, de vigilância nas regiões de fronteira do Brasil e que envolvem todas as forças de segurança.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Traficante é preso em flagrante pela Polícia Civil com celulares furtados e drogas

Publicados

em

A Polícia Civil, por meio de sua Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, prendeu em flagrante nesta segunda-feira (23.05) um traficante de 23 anos que atuava no Residencial Magnólia. A mãe dele também foi detida por injúria, desacato e ameaça contra a equipe policial.

Após denúncia de que o suspeito havia recebido uma remessa de drogas, os investigadores iniciaram o monitoramento da residência e notaram que no imóvel havia vários aparelhos celulares com suspeita de serem produtos de roubo/furto.

Durante a busca domiciliar foram encontradas várias porções de maconha, apetrechos usados para embalar e pesar drogas, além de várias carcaças e aparelhos celulares. Os indícios apontam que o suspeito receptava os produtos, os desmontava e remontava com peças de diversos aparelhos com o fim de dificultar a localização dos celulares.

No momento da prisão, a mãe do suspeito, de 40 anos, desferiu injúrias raciais contra um dos investigadores e foi presa em flagrante pelos crimes de injúria racial, desacato e ameaça.

Já o filho foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e receptação.

Leia Também:  PRF apreende mais de 200 kg de cocaína em Rondonópolis
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA