CUIABÁ

MATO GROSSO

Projeto sobre vida e obra do ‘Rei do Lambadão’ é lançado em live show nesta quinta-feira (27)

Publicados

em


‘Sua Majestade, Chico Gil’, que homenageia a vida e obra do músico conhecido como ‘rei do lambadão’, será lançado nesta quinta-feira (27.01) em live show realizada em Poconé, às 19h30.  O espetáculo será transmitido ao vivo pelo canal oficial do projeto no youtube, e contará com participação dos pioneiros do gênero musical Júnior Magrão e Zé Moraes.

“O Zé Moraes foi o cara que promoveu a fusão do rasqueado cuiabano com a lambada paraense e o carimbó; o Júnior foi quem aumentou o BPM [batidas por minuto] da bateria para o novo ritmo. Então, foram os dois juntos que formularam a composição do lambadão que conhecemos com Chico Gil”, explica a jornalista e mestre em Cultura Contemporânea, Lidiane Barros, proponente do projeto.

Os dois músicos também foram os responsáveis por incentivar Chico Gil, parceiros na banda Novo Espaço, a investir no lambadão.  “Foi pra eles que o Chico Gil apresentou suas primeiras composições ‘Morena Pequena’ e ‘Telefone’, assim como o hino ‘Ei, Amigo’”, explica Lidiane.

Selecionado no Edital Conexão Mestres da Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), e produzido com recursos da Lei Aldir Blanc, o projeto contempla também o lançamento de um livro de crônicas, um documentário e um site.

Leia Também:  "Aqui, o governador está ajudando as famílias", afirma prefeito de Paranatinga

“Muito nos orgulha a iniciativa de contar essa história, com fatos até então desconhecidos, de uma figura que é a expressão máxima do lambadão, movimento de músicos aguerridos, que atuam de forma incansável pelo sustento de suas famílias e por amor ao movimento”, destaca o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Beto Dois a Um.

Chico Gil, o Rei do Lambadão

Com trajetória artística reconhecida pela periferia e Baixada Cuiabana, o cantor e compositor Chico Gil passou de garimpeiro a rei do lambadão, deixando seu nome na história da cultura mato-grossense ao popularizar o ritmo.

“Sua paixão pela música e suas iniciativas ajudaram a projetar uma nova indústria fonográfica da música popular, calcada em sistemas não-oficiais de produção e comércio, em pleno solo mato-grossense. Assim nascia o movimento do lambadão”, destaca Lidiane.

Em menos de uma década, o cantor e letrista lançou três álbuns, realizou shows e estabeleceu padrões artísticos. Chico Gil nasceu em Poconé, no ano de 1957, e morreu em um trágico acidente de carro quando viajava para apresentações no interior, em 2000.

Leia Também:  Sema abre processo seletivo para contratação de Analistas de Meio Ambiente

Serviço

Lançamento: Sua Majestade, Chico Gil

Data: 27 de janeiro de 2022 (quinta-feira), às 19h30

Local: Canal do Youtube

Mais informações: InstagramFacebook

(Com informações da assessoria)

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Governo debate uso de tecnologias espaciais no agronegócio em Cuiabá

Publicados

em

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, participa nesta terça-feira, 24.05, de 8h às 20h, no auditório da FATEC/Senai, em Cuiabá, do workshop ‘Agro: Tecnologias e Aplicações Espaciais’. O evento é uma realização da Agência Espacial Brasileira (AEB), que reunirá pesquisadores, estudantes, técnicos, universidades, entidades do agronegócio e produtores interessados nas inovações trazidas pelo uso das tecnologias espaciais no campo. Inscreva-se gratuitamente aqui.

O presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Augusto Teixeira, também participará dos debates. A ideia é inspirar soluções inovadoras para os problemas enfrentados no setor do agro, e viabilizar, a partir da utilização de tecnologias espaciais, um aprimoramento das práticas agrícolas e ao desenvolvimento do setor de forma sustentável. Além de mostrar os benefícios advindos dessas tecnologias e de suas aplicações a diferentes camadas da sociedade.

No final de abril, a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) reuniu representantes de diferentes segmentos na sede do Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP). Com o tema “Sensoriamento Remoto e Agronegócio”, o intercâmbio contou com a participação das principais “cabeças pensantes” do país em tecnologia espacial e representantes do agronegócio, além de professores e pesquisadores dedicados à busca de soluções para tornar ainda mais eficiente o agro mato-grossense.

Leia Também:  Vice-governador convoca lideranças para criação de plano de qualificação profissional direcionada

Em Cuiabá, o workshop tem a realização da Seciteci, do Parque Tecnológico Mato Grosso, da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), do Serviço Nacional da Indústria (Senai), do Programa Espacial Brasileiro; com o apoio da Federação da Agricultura de Mato Grosso (Famato), da Agrihub, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), do Conselho Temático de Inovação e Tecnologia (COINTEC) e do Conselho Tecnológico da Agroindústria (COAGRO).

SERVIÇO:

Local: Centro de eventos SENAI/FATEC, Cuiabá-MT

Data/hora: 24 de maio de 2022, a partir das 08h30 (horário local)

Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/evento-presencial-agro-tecnologias-e-aplicacoes-espaciais/1551899

Programação: https://bit.ly/Agro_programacaoV4  

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA