CUIABÁ

TECNOLOGIA

Xiaomi 12 pode trazer recarga rápida de 100 W e downgrade na tela

Publicados

em


source
Xiaomi 11, antecessor do Xiaomi 12
Divulgação/Xiaomi

Xiaomi 11, antecessor do Xiaomi 12

O Xiaomi 12 ainda não foi anunciado, mas algumas pistas do celular já vieram a público . A expectativa é de que o smartphone da fabricante chinesa chegue às lojas com recarga rápida de 100 watts, superior aos 55 watts do Mi 11, e câmera tripla de 50 MP. Mas a tela tende a trazer uma resolução inferior em relação à geração anterior.

Os detalhes foram divulgados por Digital Chat Station nesta segunda-feira (22) pelo Weibo. Em uma publicação, ele relatou que o celular pode ter recarga rápida de 100 W e tela com resolução Full HD+. A especificação do painel, no entanto, seria inferior à resolução WQHD+ (3200 x 1440 pixels) encontrada na variante convencional do Mi 11.

Leia Também

Também pela rede social chinesa, o vazador trouxe detalhes sobre o conjunto fotográfico. Em uma imagem, ele demonstrou onde cada câmera deve ficar posicionada na parte de trás do celular. Em agosto, vale lembrar, Digital Chat Station também apontou que o smartphone da Xiaomi terá câmera tripla de 50 megapixels.

Leia Também:  Inep, órgão vinculado ao Ministério da Educação, expõe dados de 5 milhões

O que esperar do Xiaomi 12?

O suposto Xiaomi 12 é um dos próximos celulares da marca chinesa. O sucessor do Mi 11 foi certificado em algumas regiões em novembro sob dois modelos: 2201122G e 2201123G. A expectativa é de que os códigos sejam destinados às versões globais do Xiaomi 12 e Xiaomi 12 Pro, respectivamente, que ainda serão anunciadas.

Além da câmera tripla, outras apostas giram em torno dos lançamentos. É o caso do suposto processador Snapdragon 8 Gen 1, sucessor do Snapdragon 888 que seria produzido em processo de quatro nanômetros. Mas os demais detalhes da ficha técnica, como a memória RAM, armazenamento e bateria, ainda não foram revelados. Espera-se que o smartphone seja anunciado nos próximos meses.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Como fazer sua retrospectiva de 2021 do Apple Music

Publicados

em


source

Página da retrospectiva 2021 do Apple Music
Página da retrospectiva 2021 do Apple Music (Imagem: Lucas Lima/Tecnoblog)

Com o fim do ano, já virou tradição esperar pelas retrospectivas de plataformas de streaming — aquele compilado de músicas, álbuns e artistas que descobriu ou mais ouviu no ano. Ainda que o movimento tenha começado com o “Spotify Wrapped”, outros serviços seguiram a campanha. Já disponível, veja como fazer sua retrospectiva do Apple Music para 2021.

Diferente do Spotify, a retrospectiva do Apple Music é feita pelo navegador, tanto do desktop ou pelo próprio smartphone (iPhone ou Android). Não é possível ver as estatísticas pelo aplicativo, apenas pela página do browser, veja como encontrar:

Leia Também

Leia Também

  1. Acesse a página da retrospectiva do Apple Music

    No navegador, acesse https://replay.music.apple.com/br e toque na opção “Ouça seu mix Replay” . Será necessário fazer login com seu Apple ID. Se estiver no iPhone e o navegador abrir o app do Apple Music direto, encerre o aplicativo e tente novamente ou tente fazer o processo pelo computador. Tela para calcular as estatísticas da retrospectiva de 2021 do Apple Music

  2. Acompanhe as estatísticas

    Depois de fazer login e esperar a página calcular as estatísticas, uma playlist com a retrospectiva de 2021 será oferecida para adicionar à biblioteca. Continue rolando a página para encontrar os dados de músicas, artistas e álbuns mais ouvidos no ano. Retrospectiva do Apple Music de 2021

Leia Também:  McDonald's sofre ataque hacker; dados de clientes foram roubados

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA