CUIABÁ

TECNOLOGIA

WhatsApp enfim prepara função para impedir que conta seja roubada

Publicados

em

WhatsApp cria nova ferramenta de segurança
Unsplash/Mourizal Zativa

WhatsApp cria nova ferramenta de segurança

Os golpes para roubar contas do WhatsApp podem estar com os dias contados. A equipe do mensageiro está preparando uma opção para impedir que a linha seja tomada depois que o usuário oferece o código de seis dígitos enviado via SMS a criminosos depois de receber uma oferta falsa. É o que conta o WABetaInfo.

O recurso deu as caras na versão 2.22.17.22 do WhatsApp Beta para Android. Trata-se de uma notificação para aprovar a transferência da conta para um smartphone diferente, caso alguém solicite a migração em outro aparelho. Assim, será possível impedir que o número seja roubado por golpistas.

O alerta vai aparecer no celular conectado à conta logo após a solicitação da troca. Quando alguém digitar o código de seis dígitos para comprovar a autenticação, o app irá emitir a notificação “Permitir mover sua conta do WhatsApp para outro telefone?”. Em seguida, haverá opções para confirmar ou recusar a transferência.

O aviso ainda dá detalhes extras sobre o processo. Além da hora do pedido, será possível saber o modelo do aparelho usado para receber a conta. Assim, caso a mudança seja legítima e não fruto de um golpe, o usuário também consegue saber se a transferência está sendo realizada de fato para o seu novo smartphone.

Leia Também:  Claro TV+ é a nova aposta da operadora para concorrer com IPTV

WhatsApp: função pode impedir roubo de contas

O recurso é bem simples, mas tende a dar muitos frutos. Afinal, golpistas se aproveitam de contas que não usam a autenticação em duas etapas para tomá-las à força. E boa parte desses golpes estão relacionados a “ofertas” vantajosas às vítimas, como promoções, sorteios, entre outros.

Um exemplo foi quando golpistas usaram contas falsas do Instagram para oferecer alguma vantagem. Mas, após a solicitação de alguns dados pessoais, como o nome completo e número do celular, os criminosos pediam o código de seis dígitos do WhatsApp enviado por SMS.

E aí não tinha mais jeito: ao oferecer o código, a conta é invadida e os criminosos usam a linha para dar golpes em conhecidos da vítima.

Com a nova função, o mensageiro terá uma camada extra de proteção. Afinal, caso o código seja oferecido aos golpistas, a autenticação só terá sucesso se a vítima aprovar a migração no seu celular. E, caso o usuário toque em “Recusar”, os criminosos não terão acesso à conta, pois o processo será interrompido.

Leia Também:  YouTube derruba canal do Sputnik Brasil

A má notícia é que a função ainda não está disponível aos usuários. Todavia, você já pode garantir uma proteção extra à sua conta ao ativar a autenticação em duas etapas do WhatsApp. Neste caso, mesmo com o código em mãos, os golpistas vão precisar de uma senha para confirmar a autenticação durante a migração.

Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Instagram vai testar exibição de fotos que ocupam a tela toda

Publicados

em

Instagram testa feed em tela cheia
Unsplash/Kate Torline

Instagram testa feed em tela cheia

O Instagram vai começar a testar fotos verticais, de acordo com o chefe da rede social, Adam Mosseri. Depois de  receber críticas e desistir de reformular o feed e focar em vídeos, a plataforma agora pensa em deixar as fotos em um formato mais parecido com os Reels.

Segundo Mosseri, as fotos poderão atingir a proporção de até 9:16, e os testes devem começar “em uma ou duas semanas”. “Você pode ter vídeos verticais, mas não pode ter fotos verticais no Instagram. Então pensamos que talvez devêssemos nos certificar de que tratamos os dois igualmente”, disse ele, em um Story.

Aparentemente, os testes trarão uma opção para quem quer postar fotos verticais, mas sem obrigar todas as publicações a serem assim. O objetivo é que as imagens ocupem a tela toda, assim como os vídeos já fazem.

Por enquanto, não é possível saber quais mercados receberão os testes, nem se o Instagram lançará a ferramenta oficialmente no futuro.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA