CUIABÁ

POLÍTICA NACIONAL

Senadores criticam “omissão” da Conitec na definição de protocolos de tratamento da covid

Publicados

em


No último depoimento da CPI, o representante do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, Elton Chaves, admitiu surpresa com o adiamento da decisão sobre o uso do kit covid por pacientes diagnosticados com covid-19. A senadora Eliziane Gama (Cidadania- MA) criticou a omissão do órgão responsável pela incorporação de tecnologias e acusou o governo de ingerência. Já o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) considerou uma pressão da CPI contra a autonomia médica na prescrição de medicamentos.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Reforma administrativa pode abrir espaço para investimentos, afirma Confúcio
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Senado recebe projeções de frases pela quebra de patente de vacinas

Publicados

em


O edifício do Senado Federal recebeu as frases “A Vida Pede Licença” e “Lei 14.200 Salva Vidas” na noite desta quinta-feira (2). As projeções foram solicitadas pelo senador Paulo Paim (PT-RS) com o objetivo de melhorar a capacidade do poder público de enfrentar a pandemia de covid-19, bem como outras emergências em saúde que possam surgir.

A Lei 14.200, de 2021, foi sancionada com cinco vetos, pelo presidente Jair Bolsonaro, no dia 2 de setembro. Caso os dispositivos vetados já estivessem valendo, seria possível determinar a quebra temporária de patentes de vacinas e insumos em períodos de emergência ou estado de calamidade pública.

A norma altera a Lei de Propriedade Industrial (Lei 9.279, de 1996) para estabelecer a licença compulsória de patentes ou de pedidos de patente nos casos de emergência nacional ou internacional ou de interesse público (declaradas pelo Poder Executivo) ou estado de calamidade pública nacional (declarado pelo Congresso).

— O Brasil tem condições, sim, de produzir vacinas e medicamentos sem precisar depender de outros países. Isso é fundamental. Lidaremos com a prevenção, agindo de forma antecipada, com vistas a adotar medidas cujo objetivo seja evitar o dano e promover a saúde — disse o Paim (PT-RS), autor da proposta (PL 12/2021que deu origem à Lei 14.200.

Leia Também:  Câmara apresenta programa de integração legislativa durante encontro nacional de vereadores

O texto foi aprovado no Senado na forma de substitutivo do relator, Nelsinho Trad (PSD-MS), e posteriormente ratificado pela Câmara. O Congresso Nacional ainda vai analisar se mantém ou não os vetos de Bolsonaro.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA