CUIABÁ

POLÍTICA MT

Ulysses Moraes realiza fiscalizações no município de Apiacás

Publicados

em


Foto: Fernanda Trindade

Na terça-feira (15), o deputado Ulysses Moraes (União Brasil) cumpriu agenda no município de Apiacás. O parlamentar realizou uma série de fiscalizações, principalmente na área da saúde da região, mas também percorreu a MT-206, que liga Apiacás a Paranaíta e a MT-160. O deputado foi acompanhado pela vereadora da cidade, Carol enfermeira. 

“Conhecer a realidade do extremo norte de Mato Grosso foi muito importante. Fiscalizamos a situação do Hospital Municipal e conversamos  com alguns comerciantes da cidade para entender a realidade do local. Recebemos várias demandas. Agora vamos estudar para ver no que vai ser possível ajudar”, diss,e Moraes. 

O deputado ainda percorreu a MT-206 que liga Apiacás a Paranaíta, e encontrou mais uma ponte do governo de Mato Grosso sem o encabeçamento. “Essa ponte que está há meses sem o encabeçamento e é uma vergonha ver que o governo está fazendo isso. Qual é a serventia de uma ponte nessas condições? Já enviamos requerimentos e indicações porque, infelizmente, existem inúmeras pontes nessa mesma situação. Mas, vamos continuar cobrando”, afirmou o parlamentar. 

Leia Também:  90 anos do direito feminino ao voto, mas será que nos apoderamos de fato dele?

Moraes ainda percorreu a MT-160, que liga Apiacás a Nova Monte Verde, e  também fez a travessia de balsa pelo rio Apiacás. Conversando com profissionais que estão trabalhando nas obras da ponte sobre esse rio, o parlamentar foi informado que o encabeçamento de mais essa ponte não está prevista. 

“Uma vergonha, vamos continuar cobrando fortemente para que o governo de Mato Grosso dê uma solução em todas essas pontes do estado que estão sem a cabeceira. Do jeito que está não pode ficar”, finalizou o deputado.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

CCJR analisa 17 projetos de lei em reunião ordinária

Publicados

em

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) realizou a 16ª reunião ordinária em formato híbrido na manhã desta quarta-feira (17), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Ao todo, 19 matérias estavam na pauta do dia, mas duas foram retiradas a pedido dos autores, dez receberam parecer contrário, seis tiveram parecer favorável aprovado e um foi aprovado em redação final.

Receberam parecer contrário, os projetos de lei (PL) 572/2020; 406/2021; 130/2020; 687/2020; 326/2021; 795/2021; 1096/2021; 1188/2019; 138/2020 e 962/2020. 

Os projetos 611/2022; 973/2021; 6/2022; 487/2022; 600/2022 e 4/2022 receberam parecer favorável e em redação final o Projeto de Lei 984/2020. 

Entre as matérias que tiveram a aprovação dos parlamentares, está o PL 6/2022, que amplia de 65 para 70 anos a idade limite para nomeação e posse de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE). 

O conteúdo dos projetos de lei e a tramitação estão disponíveis no site do ALMT, pelo link: https://www.al.mt.gov.br/proposicao/.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dal Molin comemora destinação de recursos para obras de infraestrutura na região norte
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA