CUIABÁ

MUNDO

Putin faz ‘ameaça’ a jornalista vencedor do Nobel da Paz

Publicados

em


source
Putin faz 'ameaça' a jornalista vencedor do Nobel da Paz
Reprodução

Putin faz ‘ameaça’ a jornalista vencedor do Nobel da Paz

O presidente da Rússia,  Vladimir Putin, afirmou nesta quarta-feira (13) que o Prêmio Nobel da Paz dado para o jornalista Dmitry Muratov na última semana “não é escudo” para protegê-lo em caso de “violação da lei” ou de ser classificado como “agente estrangeiro”.

“Se não viola a lei russa e não dá razão para ser declarado um agente estrangeiro, não acontecerá. [Mas], o Nobel não é escudo para atrair a atenção para si”, disse Putin durante um encontro.

Muratov, 59 anos, é cofundador e ex-editor-chefe do jornal independente Novaya Gazeta, um dos poucos grandes veículos que ainda é crítico ao governo de Vladimir Putin. A maior parte da mídia russa é alinhada ou patrocinada por Moscou.

O conceito de “agente estrangeiro” é muito abrangente e é aplicado a veículos de comunicação que fazem matérias críticas ao governo. Na teoria, é considerado um local do tipo aqueles que recebem fundos do exterior para promover “atividades políticas”, mas a medida é vista por analistas internacionais como uma forma de perseguir quem “ousar” fazer matérias investigativas sobre o governo de Putin.

Leia Também:  Mulher é acusada de submeter filha adotiva a cirurgias desnecessárias

Ao ser classificado com o título de “agente estrangeiro”, os jornais, sites ou agências precisam colocar esse selo em suas publicações, além de ter seus profissionais vigiados constantemente.

No dia que Muratov foi anunciado como um dos vencedores do Nobel da Paz de 2021, ao lado da filipina Maria Ressa, o Kremlin classificou nove jornalistas e três empresas como “patrocinadas” por estrangeiros.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Mulher joga carro em cima de manifestantes que fechavam rua na Inglaterra; veja

Publicados

em


source
Mulher tenta passar por cima de protesto com carro
PrintScreen/ Twitter @40politicsforall

Mulher tenta passar por cima de protesto com carro


Incomodada com um protesto feito pelos Insulate Britain, grupo britânico que luta por casas com baixo consumo de energia, uma mulher jogou o carro em cima das manifestantes. O caso ocorreu no último dia 13, num cruzamento que liga os condados de Essex a Kent, na Inglaterra

Um vídeo do momento divulgado nesta segunda (18) mostra como o carro, uma Range Rover, avança em direção às mulheres que protestavam no meio da pista. Instantes depois, a motorista sai do veículo, grita com as manifestantes, depois retorna e joga o carro em cima das vítimas.


Leia Também

De acordo com o Daily Mail, a mulher foi identificada como Sherrilyn Speid, de 34 anos. Empresária, ela conduz um negócio que fornece alimentos caribenhos. No episódio em questão, ela tentou ultrapassar o protesto para deixar seu filho na escola.


Com a repercussão das imagens, Sherrilyn se pronunciou no Instagram. Com emoji de gargalhada, ela disse que nunca atropelou as pessoas, mas sim deu apenas um empurrão nelas. “Um homem tão dramático”, minimizou.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA