CUIABÁ

MUNDO

Índia: incêndio deixa 27 mortos e mais de 40 feridos

Publicados

em

source
Incêndio na Índia deixa 27 mortes
reprodução: redes sociais – 13/05/2022

Incêndio na Índia deixa 27 mortes

Pelo menos 27 pessoas morreram nesta sexta-feira em um incêndio em um prédio de quatro andares perto de uma estação ferroviária no Oeste de Délhi, a cerca de 23 quilômetros da capital, Nova Délhi.

“O fogo já foi apagado. O número total de mortos é de 27. A operação de busca está em andamento”, disse um oficial do corpo de bombeiros à AFP.

Entre 60 e 70 pessoas foram resgatadas do prédio, segundo a mídia local. Mais de 40 pessoas sofreram queimaduras e foram hospitalizadas.

O fogo começou no primeiro andar do prédio, onde está instalada uma empresa fabricante de câmeras de vigilância, disse a polícia. O edifício, que aluga escritórios, está localizado perto de uma estação ferroviária no subúrbio de Mundka, no Oeste de Délhi.

Leia Também:  Grupo vindo da Polônia chega a Brasília em aviões da FAB

Imagens de televisão mostraram fumaça saindo das janelas do prédio, com bombeiros ajudando os presos nos andares superiores.

A polícia quebrou janelas do prédio para ajudar a resgatar os que estavam dentro “e internaram os feridos no hospital”, disse um comunicado da polícia.

Incêndios são comuns na Índia devido a más práticas de construção e falta de conformidade com os regulamentos de segurança.


*Com informações de agências internacionais

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Militares ucranianos de Azovstal serão julgados em Donetsk

Publicados

em

source
Combatentes ucranianos em Azovstal
Ansa

Combatentes ucranianos em Azovstal

Todos os ucranianos que se renderam da siderúrgica de Azovstal, em Mariupol, serão julgados como prisioneiros de guerra por um tribunal na região separatista de Donetsk, informou a autoridade local nesta segunda-feira (23).

O anúncio foi feito pelo líder da autoproclamada República de Donestsk, Denis Pushilin, à agência Interfax, explicando que “está planejando organizar no território um tribunal internacional” e “o estatuto está a ser elaborado”.

“Acredito que a justiça deve ser restaurada. Há um pedido para isso por parte das pessoas comuns, da sociedade e, provavelmente, da parte sã da comunidade mundial”, declarou Pushilin.


A decisão é tomada após o Ministério da Defesa da Rússia publicar imagens da rendição do último grupo de soldados ucranianos da fábrica Azovstal, em Mariupol. Hoje, uma fonte revelou que o primeiro julgamento do tipo deve ser realizado na cidade portuária.

Leia Também:  Tremor de 6,2 é registrado perto de Tonga, sem alerta de tsunami

Segundo o porta-voz do Ministério da Defesa russo, Igor Konashenkov, 2.439 pessoas e militares das Forças Armadas da Ucrânia renderam-se na fábrica de Azovstal. A agência não especificou quais acusações os combatentes vão enfrentar. 

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA