CUIABÁ

MUNDO

EUA: escola palco de ataque que deixou 21 mortos será demolida

Publicados

em

source
Ataque na escola localizada no Estado do Texas deixou 21 mortos
Reprodução: Google Maps

Ataque na escola localizada no Estado do Texas deixou 21 mortos


A escola que foi  palco do ataque onde um atirador matou 21 pessoas no Texas, nos Estados Unidos, será demolida. O anúncio foi feito pelo prefeito da cidade de Uvalde nesta terça-feira (21).

De acordo com Don McLaughlin, a decisão foi tomada em uma reunião realizada com o superintendente do distrito escolar. O prefeito destacou que um novo colégio deve ser construído no local. 

“Meu entendimento, e tive essa discussão com o superintendente, é que a escola será demolida. Você não pode pedir a uma criança para voltar, ou a um professor para voltar naquela escola, nunca”, afirmou, durante uma reunião com cidadãos que pediram respostas das autoridades sapós o tiroteio. 

McLaughlin, contudo, não deu um prazo para que a demolição da Robb Elementary School seja iniciada. 


O procedimento adotado na escola de Uvalde terá como exemplo o que foi feito em um colégio em Sandy Cook, cidade localizada em Connecticut. Após 26 pessoas serem mortas em um ataque a tiros em 2012, o local foi demolido e deu lugar a outra unidade escolar.

O massacre que ocorreu no Texas, no dia 24 de maio deste ano, foi o mais mortal em um colégio nos Estados Unidos desde o tiroteio de Sandy Hook, que ocorreu há dez anos.

O ataque foi cometido por Salvador Ramos, jovem de 18 anos que morreu no local do crime. O atirador também teria disparado contra sua avó ao sair de casa e havia comprado dois fuzis legalmente após ter completado 18 anos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Putin admite, pela 1ª vez, que teve navio afundado pela Ucrânia

Publicados

em

Putin admitiu pela primeira vez que Ucrânia afundou navio russo
Reprodução / Record News – 31.03.2022

Putin admitiu pela primeira vez que Ucrânia afundou navio russo

Pela primeira vez, a Rússia admitiu que um de seus navios de guerra foi afundado por um ataque da Ucrânia ao falar neste domingo (3) sobre a remoção dos restos da embarcação para evitar uma explosão.

Segundo uma mensagem postada no Telegram por um funcionário nomeado por Moscou para a Ucrânia Meridional, Vladimir Rogov, e obtida pela “BBC”, a Rússia afirma que conseguiu recuperar “um grande navio para desembarque que foi afundado” no porto de Berdyansk. A remoção foi necessária “para prevenir a detonação das munições a bordo”.

Ainda conforme Rogov, o navio foi atingido por mísseis balísticos Tochka-U e seus restos agora serão transportados para a Crimeia.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Leia Também:  Putin diz que 'milicianos nacionalistas' devem se render em Mariupol

A embarcação citada é a Saratov, que foi alvo de um ataque ucraniano no porto local em 24 de março deste ano. À época, Kiev informou que sete mísseis tinham sido disparados contra o local causando danos à infraestrutura portuária e afundando um navio.

Porém, Moscou sempre negou que os ucranianos tivessem atacado qualquer embarcação russa.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA