CUIABÁ

MATO GROSSO

Quinta-feira (02): Mato Grosso registra 553.230 casos e 14.002 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (02.12), 553.230 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.002 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 205 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 553.230 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.363 estão em isolamento domiciliar e 537.375 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 41 internações em UTIs públicas e 20 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 23,03% para UTIs adulto e em 4% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (114.333), Várzea Grande (41.917), Rondonópolis (38.536), Sinop (26.832), Sorriso (18.604), Tangará da Serra (17.870), Lucas do Rio Verde (15.780), Primavera do Leste (14.871), Cáceres (12.022) e Alta Floresta (11.369).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Governo antecipa calendário e paga servidores estaduais nesta quinta-feira (28)

O documento ainda aponta que um total de 402.742 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, não restam amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na quarta-feira (1º.12), o Governo Federal confirmou o total de 22.105.872 casos da Covid-19 no Brasil e 614.964 óbitos oriundos da doença. Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta quinta-feira (02.12).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

Leia Também:  Desenvolve MT participa da 1ª Semana do Crédito na CDL Várzea Grande

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Governo destina R$ 500 mil para 126 entidades sociais através do Programa Nota MT

Publicados

em


O resultado da campanha “Rasqueado” do Doe sua Nota, funcionalidade do Programa Nota MT, foi divulgado nesta terça-feira (25.01). Ao todo, foram doados mais de 659 mil documentos fiscais para 126 entidades sociais mato-grossenses. O prêmio total de R$ 500 mil será distribuído entre essas instituições.

O resultado das doações está disponível no site do Nota MT, na opção Doe Sua Nota. No ranking das entidades contempladas é possível ver a quantidade de notas fiscais doadas, a pontuação e o percentual obtidos e o valor destinado a cada uma delas.

Das notas fiscais doadas pelos contribuintes, 99.082 foram destinadas ao Instituto Desportivo da Criança, de Cuiabá, que irá receber R$ 61.582,83. Já na segunda colocação, aparece a O.M.D.A.S (Organização Multifuncional de Desenvolvimento e Auxílio Social), de Sinop, com 88.589 documentos fiscais recebidos, o que correspondente ao valor de R$ 55.688,72.

Além dessas instituições filantrópicas, também, fazem parte do ranking das cinco entidades que mais receberam doações, a Casa do Adolescente, de Tangará da Serra, o Grupo Fraterno Associação Espírita Joanna Angelis, de Cuiabá, e a Casa de Saúde Santa Marcelina, de Sapezal, que, juntas, irão receber mais de R$ 140 mil.

Para a campanha “Rasqueado” foram válidos os documentos fiscais emitidos entre 1º de outubro e 31 de dezembro de 2021. O registro das notas doadas foi feito até o dia 10 de janeiro e o valor será repassado para as entidades sociais, independentemente dos sorteios.

Leia Também:  "É com esse arroz e feijão que vou poder alimentar meus filhos", afirma moradora de Rondonópolis beneficiada pelo Vem Ser Mais Solidário

A coordenadora interina do Programa Nota MT, Juliana Barbosa Ferreira, avalia essa primeira campanha. “Das 196 entidades cadastradas no Nota MT, 126 foram contempladas. Esperamos por uma difusão maior das indicações em razão da efetiva participação das instituições, ao longo das próximas edições. Por exemplo, as sete colocadas no ranking ficaram com 66% da premiação total”, disse.

A pontuação segue as regras previstas na Portaria 184, publicada no Diário Oficial em 14 de setembro de 2021. Das notas fiscais recebidas pela entidade social, o correspondente a 5% do total geral equivale a um ponto. Caso a instituição ultrapasse esse percentual, será computado 0,5 ponto por documento fiscal.

De acordo com a Sefaz, agora, o resultado da campanha “Rasqueado” segue para Controladoria Geral do Estado (CGE) que fará a auditoria e emitirá seu parecer tem até o fim deste mês. Após isso, a Secretaria terá até o último dia de fevereiro para divulgar no Diário Oficial do Estado (DOE) o resultado oficial, e, assim, efetuar o pagamento das premiações.

Como doar?

Para fazer a doação basta solicitar a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) nas compras feitas dentro do estado de Mato Grosso, sem que seja incluída a identificação do CPF ou CNPJ. Depois é necessário acessar o site ou aplicativo do Nota MT, informar a chave do documento fiscal, selecionar a cidade e escolher a instituição social. Pode-se fazer por meio da leitura do QR-Code também.

Leia Também:  Documentário sobre Santo Antônio de Leverger será exibido em TV aberta neste sábado (12)

Outra forma de realizar a doação é presencialmente em pontos de coletas que as entidades disponibilizaram nos estabelecimentos comerciais do estado. Nesse caso, não há necessidade de acessar o site ou aplicativo.

A campanha atual do Doe Sua Nota é a “Siriri e Cururu”. Nela podem ser doadas as notas fiscais emitidas entre 1º de janeiro e 31 de março deste ano. A doação pode ser feita até o dia 10 de abril.

Doe Sua Nota

O Doe Sua Nota é uma modalidade de premiação destinada exclusivamente para as entidades sociais que atuam em Mato Grosso e estão cadastradas no Programa Nota MT.

Durante o ano serão distribuídos R$ 2 milhões pelo “Doe Sua Nota”, divididos em quatro campanhas de R$ 500 mil que levam os nomes de danças típicas mato-grossenses. São elas, a “Siriri e Cururu” do período de 1º de janeiro a 31 de março; “Cavalhada”, de 1º de abril a 30 de junho; “Dança dos Mascarados”, de 1º de julho a 30 de setembro, por fim, “Rasqueado”, de 1º de outubro a 31 de dezembro.

(Supervisão de texto Lorrana Carvalho)

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA