CUIABÁ

CUIABÁ

Secretaria de Saúde convida população a participar de conversa ‘Refletindo sobre a doença falciforme’

Publicados

em


O projeto “Refletindo sobre a doença falciforme” convida a população a participar de uma série de diálogos online que serão realizados quinzenalmente, começando nesta quinta-feira (25), às 18 horas, através da plataforma Google Meet (clique no link para participar: http://meet.google.com/gta-wsfq-uit). Neste primeiro encontro virtual, o tema será abordado com a presença da presidente da Federação Nacional das Associações de Pessoas com Doenças Falciformes do Brasil, Maria Zenó Soares. Haverá emissão de certificado de participação.

O projeto é uma iniciativa da Associação de Pessoas com Doença Falciforme do Estado de Mato Grosso (ASFAMT) e do Comitê Técnico de Saúde da População Negra, com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e do Grupo de Pesquisa em Enfermagem, Saúde e Cidadania. 

De acordo com a responsável técnica de Saúde da População Negra da SMS, Nara Nascimento, que também é membro do Comitê Técnico que trata sobre a mesma pauta, o projeto “Refletindo sobre a Doença Falciforme” surgiu de reuniões do Comitê, no qual participam pessoas que convivem com a enfermidade. “O projeto tem como objetivo aperfeiçoar o conhecimento de profissionais, pacientes, familiares, cuidadores e público em geral sobre a doença falciforme, melhorar o atendimento aos pacientes, além de dar maior visibilidade à doença, que em Cuiabá é uma questão de saúde pública”, afirma. 

Leia Também:  Controladoria Geral do Município premia 25 conselhos municipais com o Selo Conselho Transparente

Nara conta ainda que a ideia é fazer encontros virtuais a cada 15 dias, sempre com um convidado especialista no tema, e também com a divulgação de material educativo sobre a doença falciforme, que, segundo a profissional, acomete mais de 400 pessoas na Capital de Mato Grosso, mas que esse número pode ser ainda maior devido ao fato de muitas pessoas ainda não saberem que têm a doença.

Serviço

O quê: Encontro virtual “Refletindo sobre a doença falciforme”

Quando: Quinta-feira (25), a partir das 18h

Onde: Plataforma Google Meet – http://meet.google.com/gta-wsfq-uit

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CUIABÁ

Visitantes e acompanhantes de hospitais e unidades de saúde terão que comprovar vacinação completa contra a covid-19

Publicados

em


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

Com a publicação do Decreto municipal nº 8.332, nesta quinta-feira (2), passou a ser exigido de acompanhantes/visitantes de pacientes atendidos em hospitais e unidades de saúde públicas e privadas da Capital a apresentação da caderneta de vacinação comprovando ter tomado as duas doses ou dose única da vacina contra a covid-19 para poder ingressar e permanecer no local.

A medida visa preservar a saúde de quem já está imunizado, incentivar as pessoas que ainda não se vacinaram a procurar os postos de aplicação da vacina e evitar que uma nova onda de covid-19 se propague, uma vez que uma nova variante do coronavírus, denominado Ômicron, foi detectada no Brasil neste momento em que se aproximam períodos festivos, ou seja, ocasiões que podem gerar aglomerações e propiciar o contágio. 

Durante coletiva de imprensa realizada na quarta-feira (1º), quando anunciou novas medidas de prevenção ao coronavírus, o prefeito Emanuel Pinheiro destacou que o objetivo não é prejudicar ninguém ou nenhum setor, mas sim atingir o quanto antes a maior cobertura vacinal da população cuiabana possível. “Eu quero que as 57 mil pessoas que não tomaram a segunda dose vão tomar a segunda dose. Eu quero que as 20 mil que não tomaram nenhuma dose vão tomar as duas doses e quero universalizar a vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos. São números preocupantes e estamos aí com a nova cepa rondando o Brasil e nós não poder fazer vista grossa a isso”, afirmou.

Leia Também:  Defesa Civil alerta motoristas e a população para redobrarem os cuidados nesse período de chuvas

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA