CUIABÁ

CUIABÁ

Doses de reforço para trabalhadores da saúde são específicas para quem recebeu as duas anteriores em Cuiabá

Publicados

em


Luiz Alves

Clique para ampliar

Os trabalhadores da área da saúde que tomaram a segunda dose da vacina contra o coronavírus há no mínimo 6 meses já estão aptos a receber a dose de reforço desde a última quinta-feira (7) em Cuiabá. Para receber a terceira dose, o trabalhador precisa ter tomado as duas anteriores na capital mato-grossense.

“Estamos recebendo nos polos de vacinação de Cuiabá muitos trabalhadores da saúde que tomaram as duas doses em cidades vizinhas, querendo receber a dose de reforço na capital. Infelizmente não é possível atender todo este público, porque estamos recebendo o número de doses correspondente à meta de Cuiabá. Se atendermos todas estas pessoas que vêm de outras cidades, não teremos vacina suficiente para atender a nossa própria população”, explicou Flavia Guimarães, gerente da Vigilância Epidemiológica.

Além da exigência de ter tomado as duas doses em Cuiabá, para receber a dose de reforço o trabalhador da saúde precisa levar no ato da vacinação algum comprovante que demonstre o vínculo com a saúde. “Pedimos que a pessoa traga um crachá do local onde trabalha, um holerite ou carteira profissional. Ela também precisa estar com o cartão de vacinação e um documento pessoal com foto. Pedimos a compreensão de todos, pois se dependesse de nós, atenderíamos todos, mas infelizmente isto não é viável”, enfatizou Flavia.

Leia Também:  Rally Ecológico/2021: Equipes poderão retirar kits para a prova no dia 19

Os idosos a partir de 80 anos e os imunossuprimidos, que também estão no momento de tomar a dose de reforço, seguem o mesmo princípio. “Essas pessoas da mesma forma precisam ter tomado as doses 1 e 2 aqui em Cuiabá, salvo algumas exceções, que são analisadas pela equipe da coordenação. Importante lembrar que os idosos precisam ter no mínimo 6 meses que tomaram a segunda dose e os imunossuprimidos precisam ter 28 dias da segunda aplicação. A vacina usada para dose de reforço é a Pfizer”, concluiu a gerente.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CUIABÁ

Cuiabá sedia maior evento de boxe do país de 4 a 12 de dezembro; Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer é parceira do evento

Publicados

em


Davi Valle

Clique para ampliar

Entre os dias 4 a 12 de dezembro, Cuiabá sediará um dos maiores campeonatos do país, o 19º Campeonato Brasileiro de Boxe Elite Feminino e o 76º Campeonato Brasileiro de Boxe Masculino. Serão 260 atletas disputando o cinturão do melhor do país. O ringue está sendo montado no Ginásio da Lixeira, no bairro Areão. O campeonato estará aberto ao público de 14h às 21h. A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer é parceira do evento que é realizado pela Confederação Brasileira de Boxe (CBB).

Os medalhistas olímpicos em Tóquio, Hebert Conceição (metalista de Ouro) – Abner Teixeira (Bronze) e Beatriz Ferreira (Prata), irão participar do evento.

No dia 3 de dezembro, que antecede  a data da abertura do campeonato, será realizado o lançamento do evento na praça Eurico Gaspar Dutra – conhecida por ‘Praça Popular’, com apresentação  de alguns lutadores e a presença de autoridades da Capital, a partir das 19h.

“Teremos uma estrutura montada na praça, com um ringue montado no local para que as pessoas tenham uma noção do que será esse grande evento. A ideia de fomentar o esporte e trazer grandes campeonatos como esse é de iniciativa do prefeito Emanuel Pinheiro, que nos orienta a colocar  Cuiabá nesses circuitos esportivos nacionais”, comentou 

Leia Também:  Organizada pela primeira-dama Márcia Pinheiro, campanha Outubro Rosa ilumina Palácio Alencastro; iniciativa irá fomentar exames na capital

“Este vai ser o maior evento de boxe do país, isso porque, neste ano, foram 260 boxeadores classificados pelo ranking estadual de vários estados. E neste campeonato que será sediado em Cuiabá é para escolher a melhor boxeadora e o boxeador do país. A nossa cidade já foi palco de campeonatos similares, mas não com essa estrutura de agora”, comentou a secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Rabelo Leite Jacob.

A entrada será gratuita, com exceção da final, no dia 12 de dezembro, data de encerramento. Nesta data quem quiser assistir as lutas a entrada será um quilo de alimento não perecível ou um litro de leite. O evento será transmitido ao vivo pelo canal da Confederação Brasileira de Boxe (CBB) no YouTube e também pelos canais das redes sociais da Prefeitura de Cuiabá.  

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA