CUIABÁ

AGRONEGÓCIO

CNA analisa portaria que regulamenta Cadastro Nacional da Agricultura Familiar

Publicados

em


Brasília (24/11/2021) A Comissão Nacional de Empreendedores Familiares Rurais da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniu, na quarta (24), para propor sugestões de melhorias operacionais para a implementação do Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF).

O CAF vai substituir a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) de forma gradativa. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o novo sistema entrará em funcionamento no dia 31 de dezembro de 2021. Saiba mais.

Os requisitos e procedimentos para inscrição no modelo de cadastro estão na Portaria SAF/MAPA nº 242/2021, que foi analisada pelos membros da Comissão durante a reunião. As sugestões serão encaminhadas em um documento para a Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF) do ministério.

O CAF irá aprimorar e aperfeiçoar os mecanismos de identificação do público da agricultura familiar, a qualificação das Unidade Familiar de Produção Agrária (UFPA) e os empreendimentos familiares rurais.

Segundo a assessora técnica da CNA, Marina Zimmermann, o documento é requisito básico para o acesso do produtor rural às políticas públicas voltadas para a agricultura familiar.

Leia Também:  Faeg, Senar e Sebrae promovem Encontro de Dirigentes Sindicais

“É importante que os agricultores familiares continuem participando das ações que promovam a geração de renda, a melhoria de seus sistemas produtivos e a comercialização de seus produtos”, disse Marina.

Com a transição do sistema, o Ministério da Agricultura prevê treinamentos com representantes da rede cadastradora. A capacitação da primeira turma, totalmente online e composta por membros das federações de agricultura dos estados, terá início no dia 29 de novembro, com carga de 20 horas.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

AGRONEGÓCIO

Faepa reúne produtores para discutir dificuldades de comercialização de camarão

Publicados

em


A Faepa reuniu, nesta quarta (1), produtores de camarão do Vale do Paraíba para discutir a atual crise do mercado. Os pecuaristas reclamam dos preços baixos e também de entraves na questão de controle sanitário e certificação dos seus produtos.

Participaram do encontro o presidente do Sistema Faepa/Senar-PB, Mário Borba, o assessor da presidência, Domingos Lélis, o presidente do Sindicato Rural de Itabaiana, Valdemar Azevedo, e um grupo de quatro produtores rurais.

“Com a crise no mercado, nós estamos buscando alternativas junto a Federação e também a Confederação para encontrar oportunidades de exportação. Esperamos que Mário Borba possa conduzir esse acesso a mercados internacionais junto com a equipe da CNA”, explicou Azevedo.

Mário Borba, presidente do Sistema Faepa/Senar-PB

Durante a reunião, os produtores também relataram a indefinição de aspectos normativos do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA) e do Serviço de Inspeção Estadual (SIE) na Paraíba, o que dificulta, e às vezes impede, a venda de camarão para outros estados.

Por isso, foi agendado um novo encontro, dessa vez virtual, para próxima sexta-feira (03), no qual serão discutidos os temas relativos a sanidade, a exemplo da implementação da Guia de Transporte Animal virtual, a GTA eletrônica.

Leia Também:  Paraná conquista o certificado de área livre de febre aftosa sem vacinação

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
instagram.com/faepasenarpb
twitter.com/faepasenarpb
youtube.com/faepasenarpb
senarpb.com.br

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

PICANTES

MAIS LIDAS DA SEMANA